20/06/09

Espero amar o desconhecido, essa fragância de um amor perdido, onde me perco e encontro nesse pedaço de infinito.

5 comentários:

  1. Não, não sou :b
    Mas a gaja é boa caraças 8D

    ResponderEliminar
  2. Olá.Encontrei o teu blog por acaso,gostei do que escreveste...é da tua autoria?
    Parabens

    ResponderEliminar

Obrigado pela opinião. : p