07/09/09

Se tudo que restou foi tão ínfimo, prefiro amar mais um dia e morrer amanhã.

7 comentários:

  1. só tenho pena que quando é para amar, fujas quase sempre; não deveria ser assim

    ResponderEliminar
  2. só tenho pena que quando é para amar, fujas quase sempre; não deveria ser assim

    ResponderEliminar
  3. bem, aquele eu perdoei, mas demorou. agora somos como melhores amigos. somos irmãos.

    há outras pessoas que nem dá para pensar se merecem ou não serem perdoadas

    ResponderEliminar
  4. também sinto isso...e faço das tuas palavras as minhas s enao te importares

    beijo solto

    ResponderEliminar

Obrigado pela opinião. : p