28/04/09

O tempo pára;

Num suspiro o tempo pára. E com ele, toda uma existência dramática e com um final triste. Neste mesmo momento recordo-me de ti. Naquela rosa imagino o teu rosto rosado e que sempre me foi familiar, ou talvez para ele. Sim, meu próprio coração sempre te reconheceu como parte de mim. Agora meu rosto chora pelo perdão dos dias e pelo renascer de um infinito próximo que um dia julguei alcançar. Mas num segundo tudo se altera, o que era sólido rapidamente se desvanece, não deixando para trás vestígios de um crime perfeito, mas sim a pura confusão, e simplesmente o desgosto. Aquela rosa, aquela lembrança esquecida num canto vazio da minha mente igualmente vazia, de sentimentos de recordações apaixonadas. Este pedaço de sentimento que acabou e foi largado ao vento, como um cão abandonado no seio de uma família que não optou por escolher num acto de desprezo pela própria loucura Humana que tantos não reconhecem mas que claramente é o amor. Mas não serão esses os loucos? Loucos por não acreditarem no que está mesmo a frente dos seus olhos. Pobres loucos que se tornaram escravos da desconfiança que eles próprios criaram e que por isso não amam a vida mas só um pedaço ínfimo da mesma. Talvez ela tivesse razão, todos somos levados a um extremo, todos somos levados por caminhos que não podemos escolher e do qual alguns não podem regressar, por mais que o nosso coração não queira.

7 comentários:

  1. "Mas não serão esses os loucos? Loucos por não acreditarem no que está mesmo a frente dos seus olhos. Pobres loucos que se tornaram escravos da desconfiança que eles próprios criaram e que por isso não amam a vida mas só um pedaço ínfimo da mesma."

    Então eu sou 'louca' :/
    Quando dou por mim já não tenho nada porque não dou o devido valor àquilo que tinha e depois vai-se tudo com o vento... perde-se tudo nas ilusões que uma vez tive.

    Agora parece que abri um bocado dos olhos com o teu texto. Parece que tudo o que uma pessoa um dia me disse talvez seria verdade, eu naquela altura é que não dei o devido valor.. e agora.. agora luto para não perder tudo. Mesmo assim quando digo 'não perder tudo' sinto que ainda tenho um pedaço dessa pessoa, ela está ao meu lado.
    Estranha a vida pah! :O ahahha LOOL

    Beijinhoos ó GOSTOSO!** :)

    ResponderEliminar
  2. Vou tentar Zé :D

    Mas naO prometO nada :S

    ResponderEliminar
  3. O tempo pára e às vezes o coração pára com ele.

    ResponderEliminar
  4. Oh nada xD
    Tu desapareces e quando te apetece voltas sem dizer nada. Zézinho decide-te x)
    Ou ficas ou vais de vez LOOL*

    Eu estava a brincar contigo :) E percebo aquilo do telemóvel (mesmo que esteja muito mal contado! ahahah) :)
    Beijinhooos* Também te adoro :)
    Ps. E tu para mim és como um irmão'zinho pequenino. És tão fofo :$
    Eu fico babada por ti :P
    ahaha xD

    ResponderEliminar
  5. És tão tarado, nossa senhora! (a)

    Ouve a música 'Me Gustas Tu' dos Manu Chao ^^
    SUPER SENSUAL! :O
    Beijinhooos**

    ResponderEliminar
  6. uii até parece que eu te tinha que mostrar algo de novo (a)

    =P

    ResponderEliminar

Obrigado pela opinião. : p