14/02/09

Apaixonado que Sou

Olha para mim. Diz-me o que vês em meus olhos ávidos e cansados. Olha-me, simplesmente. Vês o amor desnaturado que nutro por ti? Vês meu coração sobressaltado e que espera por um único gesto de carinho e de amor teu? Claro que não, penso para mim próprio, nada vê e nada sente pois nada sabe. Como podes ser tão cega? Sonhei que teus cabelos perfumados tocava, teus olhos de um castanho intenso observava e tua boca em minha se alimentava, de amor e carinho, de paixão. Mas esse dia nunca chegou, e meu sentimento foi crescendo incontrolável. Sim, teus lábios tocavam os meus num momento impossível, num momento único. Teu rosto torna-te rainha das musas, e para sempre condenada a reinar serás pois mulher nenhuma consegue igualar tua beleza, em suma és a mais bela, a mais perfeita. Tornas um simples passeio matinal num acontecimento único, numa exposição de beleza e de encanto, como se não andasses mas simplesmente deslizasses sobre a multidão adjacente. Poderia mais palavras usar para te descrever, mas todas elas tornar-te iam vulgar. Pois és indescritível. És fruto de meu pensamento. És a minha paixão.

11 comentários:

  1. Que tal escreveres um romance? lol
    Texto muito intenso e inócuo.

    ResponderEliminar

  2. Oh zé isto está tão lindo :')

    Vê-se mesmo que gostas dela, aii está mesmo fofo xD

    E eu é que tenho jeito? Para a borga há sempre jeito e maneira, mas para isto.. está LINDO!!
    Tão puro e perfeito. :)

    Se não gostasses tanto dela até me casava contigo (a) ahah

    Beijocas ^^

    ResponderEliminar
  3. o texto está tão amoroso, adorei!
    beijinho

    ResponderEliminar
  4. Adorei! Está tão binito, profundo!

    Parabéns!

    ResponderEliminar
  5. Os romances sao aborrecidos? Olha que eu escrevi um looool

    ResponderEliminar
  6. Vim parar ao teu blog e fiquei presa a este texto. Está lindo, parabens :)

    ResponderEliminar

Obrigado pela opinião. : p